A Justiça Federal do Espírito Santo (JFES), por meio de sua Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores (EFA), realizou de 9 a 11 de julho mais uma ação educacional compartilhada do Fórum Permanente do Poder Judiciário do ES (Fojures): o curso “Fazenda Pública em Juízo”.

Ministrado pelo juiz federal Caio Couto Araújo, substituto da Vara Federal de Serra, por videoconferência, o curso contou com a participação de 34 servidores(as) da Justiça Federal da 2ª Região e do Tribunal de Justiça do Estado (TJES).

Durante 6 horas de aula, divididas entre as três tardes, foram tratados os temas: Fazenda Pública em Juízo; Prerrogativas da Fazenda Pública; Execução contra a Fazenda Pública; Prerrogativas da Fazenda Pública no MS; A Fazenda Pública e o sistema dos Juizados Especiais.

Cooperação

O curso é fruto de compromisso formalizado, em fevereiro deste ano, para integração entre as escolas de formação e aperfeiçoamento de magistrados e servidores. O acordo firmado prevê a realização de atividades coordenadas entre o Núcleo Regional da Escola de Magistratura Federal da 2ª Região (Emarf-ES) e Escola de Aperfeiçoamento de Servidores da Justiça Federal de Primeiro Grau (EFA-SJES); a Escola da Magistratura do Estado do Espírito Santo (Emes); a Escola Judiciária Eleitoral do Estado do Espírito Santo (EJE-ES); e a Escola Judicial do TRT17 (Ejud – ES).

O convênio possibilita a racionalização de recursos na organização e produção de cursos, palestras, seminários e oficinas e, sobretudo, torna possível ampliar a oferta de atividades de capacitação voltadas para o público-alvo dos cinco centros educacionais dos tribunais.

 

Destaque Do Site E Da Intranet (15)