É necessário habilitar os Scripts do seu navegador para visualizar algumas informações deste site

Gestão Documental

Programa de Gestão Documental na Seção Judiciária do Espírito Santo

A Seção Judiciária do Espírito Santo vem desenvolvendo o seu Programa de Gestão Documental com base na resolução do Conselho da Justiça Federal (CJF) número 318, de 2014, e nas alterações trazidas pela Resolução 451/2017-CJF.

 

Por gestão de documentos compreende-se o controle dos procedimentos que regem a criação, a manutenção, a utilização e os prazos de conservação dos documentos que são gerados pelas instituições públicas ou privadas no exercício das suas atividades, bem como seu encaminhamento final para conservação permanente ou descarte.

 

O Programa constitui-se em um conjunto de políticas institucionais definidas, que privilegiam a preservação da documentação considerada histórica, com o objetivo de racionalizar o ciclo documental, isto é, a produção ordenada; a tramitação segura; a localização rápida e precisa; e a eliminação sistemática dos documentos que já perderam a sua importância para a instituição.

 

Todas as unidades administrativas e cartorárias participam do programa. Elas são responsáveis pela classificação dos documentos que produzem; pelo controle da temporalidade dos documentos arquivados provisoriamente em suas dependências; pela remessa sistemática dos seus documentos à Seção de Arquivo, devidamente classificados, com base no Plano de Classificação e Tabela de Temporalidade Documental da Justiça Federal – PCTT, quando se tratar dos documentos administrativos ou com base nos critérios relativos à gestão dos processos judiciais transitados em julgado.



Resolução

Resolução 318, de 2014, do Conselho da Justiça Federal.

Resolução 451, de 2017, do Conselho da Justiça Federal - Dispõe sobre alteração da Resolução 318/2014.



Editais Recentes

Edital de Descarte de Documentos 6a VF Cível - EDI.0012.000001-3